O café tem o poder de viabilizar ações, sabores e emoções nas pessoas. E os amantes de um bom cafezinho de todos os dias, podem ter notado uma nova oferta em seus cafés locais.  Bom, a novidade é sobre a cascara do café, uma bebida tipo chá com um sabor fino e frutado, que comparado ao café tem pouca cafeína, além de ser um sucesso nas melhores cafeterias mundo afora.

Cascara é a palavra em espanhol para a casca ou a pele de uma fruta. O café é feito do grão de sua fruta, embora a maioria das pessoas não pense nisso dessa maneira, que passa por vários processos até chegar à sua xícara. E o que fazem com a polpa da fruta, aquela parte que envolve o grão?

O modo de preparo da cascara é como um chá, já que a polpa da fruta é ressecada para ser fervida. Você pode tomar essa maravilha na versão tradicional quente ou gelada, em um copo com bastante
gelo. Se preferir, acrescente um pau de canela durante o preparo para dar aquele gostinho delicioso da especiaria. O ideal é apreciá-la pura, sem açúcar, pois já tem um gosto frutado e adocicado ou no máximo com adoçante.

Além da descoberta de um “novo” sabor, que tem notas de hibisco, groselha, cereja, manga e tabaco, a bebida é mais rica em ácido clorogênico do que o café como consumimos. Isso significa maior
ingestão desse importante aliado na regulação do metabolismo do açúcar e da gordura, ou seja, ajuda a emagrecer.

Outro ponto interessante que tem colocado a cascara em evidência é que aproveitar a polpa do café para o preparo da bebida representa sustentabilidade, já que ela era uma parte descartada. Isso na maioria do mundo, porque em países que são importantes produtores de café como Bolívia e Iêmen, a cascara já é consumida há muito tempo.

A boa notícia é que felizmente já podemos encontrar para degustação ou compra em algumas cafeterias do Brasil, conforme já citado aqui na nossa coluna.

E você já provou o chá da Cascara de Café?! Compartilhe conosco!

Fonte:Blog do madeira- Coluna pausa para o cafezinho